A função dos antiparasitários é:

•Reduzir ou eliminar o número de ovos nas fezes animais;
•Eliminar os helmintos;
•Promover a migração dos vermes dentro do hospedeiro para órgãos onde possam ser destruídos por fagocitose.

Anti-helmínticos - Benzimidazol

É um anti-helmíntico versátil, especialmente contra nematódeos. É altamente eficaz contra ascaríase, enterobíase, tricuríase e ancilostomíase, como infecções únicas ou mistas. É um medicamento ativo contra larvas e os estágios adultos de nematódeos.Inibe a captação de glicose produzindo redução na formação de ATP ( Adenosina tri-fosfato) necessário para a sobrevivência e reprodução, ocasionando paralisia e morte do verme. Apresenta como toxicidade: anorexia, náuseas, vômito, dor abdominal, diarreia, alucinações, convulsões, embriotoxicidade e teratogenicidade.

Mebendazol (Pantelmin):

É um anti-helmíntico de grande espectro que determina a erradicação de ascaridíase, enterobíase, tricocefalíase, ancilostomíase, necatoríasee teníase. Pelo seu mecanismo de ação antiparasitário inibe, de forma seletiva e irreversível, a absorção de glicose, o que provoca a depleção dos depósitos de glicogênio nos microtúbulos das células tegumentárias e intestinais do parasita. Tudo isso gera imobilidade, paralisia motora e morte dos diferentes nematódeos. É terapia de escolha para Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Trichiuris trichiura, Ancylostoma duodenale e Necator americanus e terapia alternativa a doses altas em infecções por Toxocara, Trichinella spiralis volvulus e Equinococcus granulosus

Sua absorção pelo organismo humano é muito escassa no trato gastrintestinal, e, portanto, sua biodisponibilidade é baixa, além de sofrer uma intensa eliminação (80%) hepática. O mebendazol tem aumentada sua absorção quando é administrado de forma concomitante com as refeições. Sua ligação com as proteínas plasmáticas é muito elevada (95%), sua meia-vida é de 2,5 a 5,5 horas que pode ser prolongada em pacientes com insuficiência hepatocelular. Sua eliminação é realizada parcialmente pelo fígado e finalmente pela urina, tanto como droga ativa como metabolizada.

Albendazol (Zentel):

É um anti-helmíntico derivado do benzimidazol e com mecanismo de ação semelhante ao Mebendazol (impede a absorção da glicose pelo parasita, interrompendo a função microtubular). É um medicamento prescrito para o tratamento de ancilostomíase, ascaridíase e enterobíase.É fracamente absorvido pelo trato gastrintestinal (< 5%). A absorção oral aumenta com a ingestão de alimentos gordurosos. O pico plasmático é atingido em 2 horas. É bem distribuído ao SNC e penetra nos cistos hidáticos. A taxa de ligação protéica é de 70%. Seu principal metabólito ativo possui meia-vida de aproximadamente 8,5 horas. A eliminação é feita predominantemente pela bile, excretado na urina em forma ativa e como metabólitos inativos.Como os demais derivados benzimidazólicos, o Albendazol é teratogênico e embriotóxico, devendo ser evitado pro gestantes.
Apresentam-se como comprimidos mastigáveis (dose única) ou suspensão oral.

Fonte: Portal Educação