A hiponatremia é uma condição em que o nível de sódio no sangue está anormalmente baixo. O sódio é um eletrólito que ajuda a regular a quantidade de água que está dentro e em torno das células e a manter a estabilidade da pressão sanguínea. Sem o sódio, tanto nervos quanto músculos não funcionam corretamente. Ele não é produzido pelo organismo, sendo obtido por meio da alimentação.

Causas

Diversos fatores distintos podem levar uma pessoa a apresentar níveis baixos de sódio na corrente sanguínea. A quantidade esperada de sódio dentro do organismo varia entre 135 e 145 mEq/L – abaixo disso é considerado um quadro de hiponatremia. As principais causas para essa condições incluem, também, alguns fatores de estilo de vida, como:

Problemas de coração, rim e fígado, como insuficiência cardíaca congestiva e certas doenças renais e hepáticas que podem levar ao acúmulo de fluidos no organismo, o que dilui o sódio no sangue.
Síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH), em que o organismo produz altos níveis do hormônio antidiurético (ADH), fazendo com que o corpo retenha grandes quantidades de água, que vai embora na urina junto com uma quantidade muito grande de sódio
Vômitos e diarreia crônica, que fazem com que o corpo perca muitos líquidos e, consequentemente, muitos eletrólitos também, a exemplo do sódio.
Todo mundo sabe que beber água é essencial para o bom funcionamento do organismo. O hábito de beber grandes quantidades de água, no entanto, pode ajudar a diluir o sódio presente no sangue.
Por outro lado, a desidratação também pode levar à hiponatremia. Sem beber água em quantidade suficiente, a pessoa pode perder muitos líquidos e eletrólitos do sangue
Alterações hormonais causadas por determinadas condições de saúde, como a doença de Addison, afetam a capacidade das glândulas adrenais de produzir hormônios que ajudam a manter o equilíbrio corporal entre sódio, potássio e água. Os baixos níveis de hormônios da tireoide também podem causar hiponatremia.

Fatores de risco

Idade: Pessoas mais velhas tendem a apresentar mais fatores que contribuem para um quadro de hiponatremia, incluindo mudanças relacionadas diretamente à idade, como o uso de medicamentos contínuos e a maior probabilidade de desenvolver uma doença crônica que altere o equilíbrio do sódio do corpo.
Medicamentos: O uso de determinadas medicações, como diuréticos, antidepressivos e analgésicos, pode aumentar o fluxo de urina e o suor – principais portas de saída de sódio do organismo.O uso recreativo de ecstasy também provoca queda nos níveis de sódio no organismo.
Atividade física intensa: A prática intensa de exercícios físicos leva as pessoas a beber muita água. Por mais que isso contribua para manter o equilíbrio, a ingestão de grandes quantidades de água pode diluir o sódio presente na corrente sanguínea, levando a um quadro de hiponatremia.

Sintomas de Hiponatremia

Náuseas e vômitos
Dor de cabeça
Confusão mental
Perda de energia e fadiga
Inquietação e irritabilidade
Fraqueza e espasmos musculares
Cólicas.
Casos graves de hiponatremia podem levar, também, a convulsões e até mesmo ao estado de coma.


Fonte: Minha Vida