O Ringer-lactato (ou mais precisamente, o soluto de Ringer) é uma solução líquida de eletrólitos em água. Eletrólitos como o sódio estão naturalmente presentes em fluidos corporais e ajudam na função dos músculos e nervos, bem como na manutenção do pH e no equilíbrio dos fluidos. A perda de eletrólitos através do suor e da urina é normal, e eles são repostos pelo consumo habitual de líquidos. Se muitos forem perdidos devido a sangramento, vômito ou outra doença, eles devem ser imediatamente repostos.
O ringer lactato é um cristaloide com osmolaridade semelhante à do plasma. Ele substitui o volume perdido, melhorando a hipovolemia, porem faz uma hemodiluicao. Em pessoas saudáveis com nível de hemoglobina razoável, isso não chega a causar impacto, já que a hemoglobina normal é em torno de 12, porem um nível em torno de 7 costuma ser suficiente para suprir as necessidades, exceto em estado de hipermetabolismo, como sepse. O fato de ser isoosmolar faz com que o liquido fornecido não "vaze" (ou pelo menos "vaze " menos ) para o terceiro espaço, garantindo que a maior parte permaneça no espaço intravascular.
O soluto de Ringer é administrado por via intravenosa a pacientes para reposição de fluidos e eletrólitos perdidos por doença ou lesão. A concentração de eletrólitos e água é desenvolvida para imitar a composição do plasma sanguíneo. Essa solução pode ser prescrita junto com uma solução de açúcar (geralmente a dextrose) para fornecer uma fonte de calorias. O soluto de Ringer pode também ser usado em associação com uma variedade de medicamentos intravenosos, para dilui-los.

Composição

A proporção de eletrólitos e água no soluto de Ringer é cuidadosamente balanceada para que ele possa ser usado eficazmente pelo corpo. Em cada 100 ml de soluto de Ringer, há 600 mg de cloreto de sódio, 20 mg de cloreto de cálcio, 30 mg de cloreto de potássio e 310 mg de lactato de sódio. O pH do soluto de Ringer é ajustado para ser 6.6, e um litro dessa solução possui nove calorias.

Função

A reidratação a partir da água do soluto de Ringer é vital, já que o que peso total do corpo é composto de 70% de água. Uma perda significativa de água e dos íons nela contidos resultará em extrema perturbação de todos os sistemas importantes do corpo. Se muita água é perdida, o pH do corpo pode se tornar muito ácido, uma condição que se chama acidose. O lactato contido no soluto de Ringer ajuda o organismo a combatê-la.

Efeitos colaterais

Como o soluto de Ringer é administrado via intravenosa, um efeito colateral comum é irritação no local da injeção. Ainda que incomuns, reações alérgicas, como inchaço e dificuldade para respirar, podem acontecer. Outros efeitos colaterais potenciais são: hematoma ou infecção no local da injeção, febre, infecção da veia ou aumento anormal do volume de sangue. Edema pulmonar (fluido nos pulmões) e hiper-hidratação também são complicações potenciais que podem ocorrer pelo uso do soluto de Ringer.

OBS:O soluto de Ringer é produzido por uma série de fabricantes diferentes e pode ter pequenas variações na fórmula. Em geral, porém, essas soluções são consideradas isotônicas em relação ao sangue. Isso significa que sua concentração é mais ou menos igual à do sangue saudável. Essa solução pode também ser chamada de Ringer ou Ringer-lactato. O soluto de Ringer foi inventado no final do século XIX pelo fisiologista britânico Sydney Ringer.
Obs.: O objetivo do lactato não é modificar o pH, isso acontece como efeito secundário. A adição de lactato ocorre para equilibrar as cargas iônicas positivas ou negativas. No soro fisiológico, isso não é necessário, já que não há potássio.


Fonte: Só Enfermagem



Fonte da imagem: Catálogo Hospitalar