A área de saúde é uma das mais promissoras em relação ao mercado de trabalho brasileiro. Para se tornar um bom enfermeiro é preciso ter anos de estudo e dedicação, mas apenas o diploma não o tornará um bom profissional. Muitas qualidades, por exemplo, são sempre exigidas por diversas instituições de saúde.

Ser enfermeiro diz respeito ao cuidado com os pacientes e sua saúde, por isso, veja 6 características indispensáveis para todo profissional de enfermagem:


  • 1- Proatividade
    Ser proativo é ter atitudes capazes de prevenir complicações. É ser aquele profissional que sempre consegue e está disposto a fazer não apenas o que lhe é pedido, mas muito mais que isso. Assim sendo, em um ambiente hospitalar, o enfermeiro proativo é capaz de enxergar os imprevistos e se preparar para exercer suas obrigações antes mesmo que alguém tenha que lhe orientar o que fazer.


  • 2- Paciência
    O enfermeiro também lida com uma parte burocrática dentro de uma instituição de saúde. Além disso, ele precisa se relacionar com uma equipe, exercer procedimentos que devem ser seguidos minunciosamente, e que nem sempre dependem de sua vontade. Por isso, é preciso paciência para lidar com um ambiente muitas vezes estressante.


  • 3- Gostar de gente
    Essa deve ser uma das principais características de um enfermeiro! Esses profissionais lidam com pessoas o tempo todo, já que o seu trabalho é dedicado às mesmas, então alguém que não gosta de se relacionar com pessoas deve repensar sua profissão.


  • 4- Flexibilidade
    A profissão de enfermeiro geralmente não tem horários padronizados como as demais, por isso é importante ter flexibilidade, principalmente de tempo.


  • 5- Resiliência
    A resiliência, dentro desde contexto, é a habilidade de resistir e sobressair diante de obstáculos e pressão. Dentro de um hospital, mudanças acontecem a cada segundo e muitas delas não podem ser controladas, mas apesar disso o enfermeiro deve saber lidar bem com as adversidades para ser um bom profissional.



  • 6- Equilíbrio emocional
    É normal para o profissional de enfermagem se deparar com situações nem sempre agradáveis e favoráveis, é preciso ter equilíbrio emocional para não se deixar abater diante disso. Perder um paciente, por exemplo, é muito triste, mas é comum na vida de um enfermeiro.


Fonte de conteúdo: FACIG

Fonte de imagem: Google