O profissional de Enfermagem Dermatológica com ênfase em curativos ajuda nas atividades como avaliação, prescrição e no tratamento de feridas, no qual auxilia no processo curativo. O enfermeiro é responsável em acompanhar e informar os pacientes desde o primeiro contato de atendimento até o momento de pós cirurgia, dependendo do estado em que o paciente se encontra, dando toda assistência e cuidado ao enfermo. Entretanto, o Minuto Enfermagem em contato com a enfermeira Ana Carolina de Castro, realizou uma entrevista com base em sua especialidade profissional, ela destaca quais são os principais pontos a serem seguidos, realçando também o papel deste profissional na área da saúde. Confira o bate papo a seguir.

Minuto Enfermagem: Como é realizado as atividades do profissional de enfermagem dermatológica com ênfase em feridas no campo de sua atuação?

Ana Carolina: O enfermeiro pode atuar no cuidado direto ou indireto, prevenindo e tratando pessoas com feridas, realizando o processo de enfermagem de maneira individualizada baseada em evidências científicas. Outra atividade importante é o desenvolvimento de protocolos para a prevenção e tratamento de lesões de pele, lembrando que toda equipe de enfermagem deve ser treinada e supervisionada para garantir os melhores cuidados com a pele das pessoas assistidas.

Minuto Enfermagem: Quais locais o enfermeiro pode atuar?

Ana Carolina: O enfermeiro pode atuar no cuidado domiciliar, em ambulatório e no ambiente hospitalar, auxiliando na atuação de pesquisas clínicas para o desenvolvimento de melhores práticas para a prevenção e tratamento de feridas, ainda em espaço de educação em saúde, educação contínua e docência.

Minuto Enfermagem: Quais são as principais condutas éticas e morais que devem ser adquiridos pelo profissional?

Ana Carolina: Deve agir com responsabilidade e autonomia.

Minuto Enfermagem: Qual é a importância deste profissional para a área da saúde?

Ana Carolina: Toda equipe de enfermagem deve ter as competências necessárias para prevenir lesões de pele. Entretanto, o enfermeiro especialista em enfermagem dermatológica atua de maneira diferenciada, avaliando a pele e feridas de maneira mais aprofundada, guiando a equipe de enfermagem para um cuidado mais específico e, acelerando o tempo de cicatrização.

Minuto Enfermagem: Quais os tipos de intervenção que o enfermeiro utiliza para o indivíduo em risco de desenvolver alguma lesão?

Ana Carolina: É necessário realizar a avaliação de cada paciente usando escalas padronizadas para avaliar o risco de desenvolver lesões de pele. A avaliação criteriosa e sistematizada da pele também é imprescindível, indicar o uso de produtos para hidratação e limpeza com pH da pele é essencial. De acordo com cada etiologia, indicar estratégias específicas como superfícies de redistribuição de pressão e mudança de decúbito para prevenir lesões por pressão; indicar uso de roupas de mangas compridas e manter ambiente seguro para a prevenção de skin tears; realizar troca de fralda e usar protetores cutâneos para precaução de lesões por umidade é fundamental.

Minuto Enfermagem: Quais as interferências que atrapalham o desempenho deste profissional?

Ana Carolina: A falta de reconhecimento desse profissional na sociedade brasileira talvez prejudique a abertura de novas vagas nesta área. Existem numerosos produtos disponíveis no mercado para prevenir e tratar feridas, entretanto, ainda não há padrão ouro para tratamento de feridas, mas existem produtos usados como coberturas que aderem à ferida, e fixadores de curativo que lesionam a pele peri lesional prejudicando a cicatrização, uma vez que os profissionais de saúde ainda acreditam que é normal usar estes materiais.

Minuto Enfermagem: Como está o mercado de trabalho para este profissional?

Ana Carolina:Tem surgido oportunidades em comissões de prevenção e tratamento de feridas em unidades de saúde, tem aumentado o número de enfermeiros empreendedores abrindo clínicas e realizando o cuidado de pessoas com feridas no ambiente domiciliar, algumas vagas em concursos públicos também têm sido requisitadas a especialidade de enfermagem dermatológica.

Minuto Enfermagem: Quais tipos de ações podem ser inseridas para que possam melhorar a profissão no mercado de trabalho?

Ana Carolina: Os enfermeiros precisam continuar estudando quais as melhores práticas e Bundles de cuidado para cada tipo de ferida. Os enfermeiros devem escolher produtos de boa qualidade, evitando produtos que causem lesões mecânicas ou químicas na pele.

Minuto Enfermagem: Para quem desejar ingressar nesta área, o que o aluno irá aprender e aplicar durante o curso de enfermagem em especialização em dermatológica com ênfase em curativos de feridas?

Ana Carolina: Durante o curso irá aprender conceitos básicos de avaliação, prevenção e tratamento de feridas.

Minuto Enfermagem:Como se tornar um profissional de destaque?

Ana Carolina: É necessário muito tempo de estudo, desde conceitos básicos, fisiopatológicos e classificatórios à evolução das lesões de pele. O desenvolvimento da prática clínica também é fundamental, pois somente praticando a avaliação e acompanhando a evolução das feridas, associadas ao conhecimento científico nos levará a um patamar mais elevado dentre o grande número de profissionais no mercado.

Minuto Enfermagem:Para quem deseja fazer o curso de enfermagem dermatológica com ênfase em ferida, qual é o seu recado para os futuros profissionais?

Ana Carolina: Busquem práticas baseadas em evidências, desenvolvam prática clínica, sejam curiosos, persistentes e muito estudiosos.

Por Raquel Lima