Ambrosina Militão da Cruz, 67 anos, conseguiu se recuperar após pegar dengue e Covid-19 simultaneamente. Ela é moradora de Inhumas, localizado na região Metropolitana de Goiânia, e ficou internada em um hospital particular de Goiânia por oito dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).


Para celebrar o momento de recuperação da idosa, familiares e amigos fizeram uma recepção com cartazes e balões. Josy Militão, filha de Ambrosina diz que se sente muito feliz, pois, Deus preservou a vida de sua mãe e por isso, ela só tem que agradecer a Deus e aos médicos que cuidaram da mãe dela.


Tratamento


De acordo com Josy, no momento que a mãe dela começou a passar mal ela a levou imediatamente para uma unidade de saúde em Inhumas, onde passou por alguns exames e recebeu o diagnóstico de dengue. No entanto, após começar a tomar os medicamentos, voltou a se sentir mal.


"No início, ela só estava com alguns sintomas. Sentiu mal-estar, dor nos olhos e no corpo. Chegou a fazer o exame de sangue para saber se era Covid, mas deu negativo. O médico disse que ela poderia ir para casa", contou Josy.

Após a idosa sentir falta de ar e também falta de apetite, a família retornou ao hospital com Ambrosina. A senhora realizou novamente o teste para detectar a Covid-19, e dessa vez o resultado foi positivo. Além do teste feito, a tomografia mostrou que os pulmões dela já estavam prejudicados devido a doença.


Segundo Josy, depois que sua mãe fez o teste PCR ela piorou seu estado e os médicos de Inhumas a transferiu para Goiânia. Na capital de Goiás, foi feito mais uma tomografia, na qual, constatou que o pulmão da idosa já estava muito infeccionado, o que de acordo com os médicos era indício de coronavírus. Após verificar a tomografia os profissionais da saúde encaminharam a paciente para a UTI.


Depois de uma semana internada na UTI, Ambrosina recebeu alta e já se recupera em casa. "Nós fomos do céu ao inferno o tempo todo. Uma hora ela melhorava. Depois, ela piorava. Foi horrível. O ambiente era horrível. Eu via aquele tanto de gente passando por aquela situação, respirando com auxílio de oxigênio. Eu só queria ver a minha mãe saindo dali bem e graças a Deus ela saiu", concluiu Josy.

Se você trabalha na área da saúde e deseja se tornar um especialista na atuação com pacientes idosos, então, a pós-graduação de Gerontologia, Dimensões Biológicas, Psicológicas e Sociais da Incursos foi feita para você. Amplie seu conhecimento e se torne referência profissional.



Fonte: G1

Imagem: G1