Os antibióticos, para quem não sabe, são medicamentos e compostos naturais ou sintéticos utilizados para tratar infecções bacterianas, sendo ineficaz contra infecções virais, fúngicas e demais infecções. O remédio serve para destruir as bactérias ou deter a sua reprodução, facilitando para o organismo eliminar os microorganismos causadores de um determinado processo infeccioso. Mas, será que o uso prolongado de antibióticos pode fazer mal à saúde?


A resposta é sim! O uso estendido de antibióticos pode provocar alguns problemas às crianças, como por exemplo, as que estão a nove meses fazendo uso do remédio. Isso porque esses medicamentos causam mudanças na flora intestinal, e em curto e médio prazo, podem ocorrer o aparecimento de diarreias, gastrite e esofagite. Além disso, a maioria desses medicamentos é metabolizada pelo fígado. Por isso, consumir constantemente o antibiótico, pode alterar as funções do órgão.


Vale ressaltar também que, as crianças, principalmente as que possuem doenças crônicas e normalmente tem o tratamento frequente com o medicamento, têm risco maior de algumas bactérias que vivem no organismo se tornarem resistentes ao remédio.


No entanto, apesar dos riscos, o uso do antibiótico é seguro e eficaz. Nesse sentido, os responsáveis pela criança podem ficar tranquilos quando o (a) pediatra indicar o uso do remédio em situações específicas. Porém é importante seguir as orientações médicas em relação à administração do medicamento e ler atentamente a bula, principalmente sobre a diluição do medicamento.


Quando o antibiótico é tomado em dose baixa, por exemplo, pode acontecer de não funcionar, porque não consegue se manter na quantidade certa no sangue para chegar bem aos tecidos. Caso o intervalo da ingestão não seja feito e a criança tome o medicamento antes do horário indicado pelo médico, a concentração da próxima dose pode ficar muito alta e causar toxicidade. Também é necessário sempre obedecer ao tempo do tratamento indicado pelo pediatra, e qualquer problema deve ser relatado para o médico.

Se você atua na área da saúde e deseja ampliar seus estudos e se posicionar melhor no mercado de trabalho, esse é o momento certo para você começar sua pós-graduação. Matricule-se na especialização em Microbiologia Aplicada ao Laboratório Clínico no Incursos. Aperfeiçoe suas técnicas profissionais e se destaque no seu meio de atuação.



Fonte: Minha Vida e Viva Bem

Imagem: 123RF