Se for verificar a lista de doenças de pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia, encontra mais de 70 tipos. E, por incrível que pareça a celulite, estrias, verrugas e até mesmo o envelhecimento ocupam esse ranking. Isso porque, qualquer modificação na pele que interfira na sua normalidade ou no bem-estar do indivíduo se encaixa na categoria de doença. Por isso, conheça as causas para algumas doenças cutâneas bem conhecidas.

Vitiligo


Neste caso ocorre a perda de coloração da pele em determinadas regiões do corpo. Fenômenos autoimunes e traumas psicológicos também podem ocasioná-la.


Albinismo


Causado por uma desordem genética na qual a produção de melanina é insuficiente, por isso a pele, os cabelos e os olhos não têm pigmento.

Dermatite atópica


Também ocasionada por fatores genéticos, a doença crônica não é contagiosa e provoca secura, coceira e vermelhidão na pele.


Dermatite de contato


Inflamação provocada por produtos. Pode ficar restrita ao local de contato ou causar alergia maior.


Eczema


Causa lesões como bolhinhas com água, secreções que formam crostas e aumento da espessura da pele.


Escabiose ou Sarna


É provocada por ácaro que procria na pele. As fezes do bicho causam as lesões.

Melasma


São manchas escuras na pele, principalmente no rosto, sendo muito comum nas bochechas, testa e buço. Afeta mais as mulheres e está relacionada ao uso de anticoncepcionais e à exposição solar.

Psoríase


É uma doença crônica e não contagiosa, sua causa é desconhecida. Os principais sintomas são: vermelhidão, descamação e surgimento de manchas espessas.

Se você atua na área da enfermagem e deseja se especializar na área dermatológica, conheça a especialização em Enfermagem Dermatológica com ênfase na Avaliação e Tratamento de Feridas do Incursos e faça já sua matricula. Amplie seu conhecimento, aprimore suas técnicas profissionais e faça a diferença no mercado de trabalho.


Fonte: Galileu

Imagem: News Medical