A queimadura é uma lesão produzida nos tecidos corporais devido ao contato com o calor, eletricidade, radiação ou substâncias químicas, podendo gerar vários graus de dor, bolhas, inchaço e perda de pele. Dessa forma, dependendo do grau que a queimadura se encontra a pele pode acabar ficando com manchas ou marcas. Por isso, é necessário seguir alguns cuidados para amenizar o aspecto da pele.

Entre as dicas básicas recomendadas para evitar cicatrizes e danos na pele estão:


Lavar a queimadura com água fria


Logo após se queimar é importante colocar a área do corpo lesionada em água corrente e fria por alguns minutos. Esta atitude faz com que a temperatura da pele seja reduzida de forma mais rápida, o que impede que a queimadura aumente e atinja camadas mais profundas da pele.

Já em relação a queimadura por exposição ao sol, o recomendado é tomar um banho frio, pois, além de aliviar o desconforto, evita que a pele resseque ainda mais.

Evitar locais quentes e fontes de luz


Permanecer em locais muito quentes ou fontes de calor, como entrar em carros quentes expostos ao sol, fazer sauna, ir à praia ou cozinhar no forno, por exemplo, devem ser evitados, pois emitem um tipo de radiação infravermelha, capaz de manchar a pele e prejudicar a recuperação da ferida.

Também é importante evitar fontes de raios ultravioleta, como exposição solar, luzes fluorescentes ou luzes de computadores porque essa radiação também é capaz de causar uma mancha escura no local da queimadura.

Passar protetor solar de 2 em 2 horas sobre a queimadura


É fundamental manter a pele queimada protegida da radiação do sol com o uso do protetor solar diariamente e ainda, reaplicar o protetor a cada 2 horas, sempre que a região afetada estiver exposta ao sol, por pelo menos 6 meses.

Fazer um curativo na ferida


Se a queimadura estiver com bolhas ou feridas, é necessário fazer um curativo com gaze ou outro tipo de material estéril, trocando-o toda vez que tomar banho. É importante fazer esse procedimento até que a pele já tenha cicatrizado o suficiente para cobrir a região. Esta medida faz com que a dor seja amenizada além de facilitar a reconstrução da pele.

Vale ressaltar que, as bolhas ou as crostas que se formarem por causa da queimadura não devem ser retiradas pois, elas protegem a pele que está se regenerando, impedindo uma infecção e a formação de manchas e cicatrizes.


Passar cremes hidratantes


A hidratação com cremes específicos faz com que a pele tenha nutrientes para uma boa recuperação. Assim, recomenda-se passar um hidratante à base de ureia, ácido hialurônico, vitamina C, óleos de semente de uva ou amêndoas. Essas opções possuem fortes princípios hidratantes, e deve ser utilizada sempre após o banho.


Outra opção é passar cremes para assadura de bebê, como Bepantol ou Hipoglós, por exemplo, pois contém vitaminas e propriedades hidratantes.


Vale esclarecer que queimaduras que contém qualquer pele morta e bolhas furadas devem ser removidas por um profissional de saúde antes de se aplicar o creme antibiótico ou o curativo.


Desse modo, se você atua na área da enfermagem e deseja ampliar seu conhecimento no tratamento de feridas e fazer a diferença no ambiente profissional, matricule-se na especialização em Enfermagem Dermatológica com ênfase na Avaliação e Tratamento de Feridas no Incursos. Seja um (a) especialista no assunto!


Fonte: Manual MSD e Tua Saúde

Imagem: 123RF